Que país é esse?! #ogiganteacordou

Que país é esse? (É a porra do Brasil!) ♪


É isso mesmo. De repente, o Brasil está em polvorosa e não é por causa da Copa das Confederações. Um aumento na passagem de ônibus em São Paulo é o estopim para toda uma população gritar CHEGA! e todo o restante do povo se juntar à elas. Em meio à tudo isso, representantes do povo se recusam a baixar o valor da passagem, fazem declarações hipócritas e realmente mentirosas e então tudo, de repente, muda. O gigante acordou. As manifestações, protestos, gritos - tudo isso deixou de ser apenas pelos vinte centavos. É por tudo - pelos anos e mais anos de corrupção descarada, de ignorância nas áreas de educação e saúde,  pelo descaso com o próprio povo brasileiro. O governo - e aqui eu não digo somente a presidente porque isso absolveria todos os governadores, prefeitos, políticos, servidores e até mesmo os tais ex-presidentes do Brasil - está muito mais preocupado em manter uma pose de país pacífico e bonito, com belas praias e bumbuns rebolantes para os países estrangeiros, de modo que a Copa deveria ser seu cartão postal e o futebol, a coisa que mais importa para todos os brasileiros.


Só que não é. E agora estamos nas ruas pra jogar isso na cara de todos - do Estado e do mundo.


Não, o Brasil não é o país das maravilhas. Não, não somos idiotas. Não somos tão superficiais e alienados ao ponto de só nos preocuparmos com futebol, com a forma como a Copa do Mundo tem de ser perfeita e dane-se a saúde e a educação. Não mais. Não estamos gritando um "dane-se" à verba pública que foi destinada à construção de estádios que dificilmente serão utilizados para alguma outra competição além da Copa. Sim, por que nós sabemos, Excelentíssima Presidente, que o dinheiro não brotou do chão e já foram noticiadas diversas outras vezes que o dinheiro para a construção dos estádios VEIO SIM dos cofres públicos. Portanto, parabéns, caros irmãos brasileiros, vocês contribuíram financeiramente, através de impostos absurdos, para a construção de belos estádios para exibirmos para o mundo durante a Copa. Ah, e dane-se os hospitais. Como diria o Ronaldo "Fenômeno", não se faz Copa do Mundo com eles, não é mesmo?


NÓS não pedimos uma Copa do Mundo e com certeza não autorizamos que bilhões do dinheiro público fosse utilizado para ela. É claro que todo brasileiro gostaria de ver a Copa sediada pelo Brasil, mas ninguém imaginava que o governo faria um desvio de verba tão descarado e inescrupuloso como fez. É um absurdo e é realmente tirar o povo para trouxa a Presidente da República, representante máxima do Poder Executivo, fazer um pronunciamento em rede nacional e dizer que não, o dinheiro para construção dos estádios não veio do dinheiro público e que ela jamais permitiria que o dinheiro do povo fosse desviado de prioridades como a educação e a saúde. Vamos lá então, minha cara. Não vimos nada sobre o aumento do salário dos professores ou sobre uma alteração drástica na grade de ensino em escolas públicas. Não vimos médicos brasileiros (porque o país tem sim médicos suficientes) em hospitais ou postos de saúde. Não vimos melhorias significantes nessa área. Não vimos nada.

O que vimos foram grandes estádios e uma algazarra intensa em volta de uma Copa do Mundo bilionária. Supostamente, devíamos calar a boca e ficar felizes com isso, fingindo que somos um país feliz e unido que não se importa com a política de merda que temos. Um país que deveria parar as manifestações e receber bem os estrangeiros para que o mundo não fique sabendo da política corrupta que temos por aqui. Um país que deveria sorrir e fingir que ainda é alienado com a mídia e que só se importa com o futebol.


Não mais, é o que eu e mais milhões de brasileiros dizem. Gritam. Exigem.


Queremos menos estádios e mais escolas, queremos um transporte público digno, queremos menos impostos, já que os absurdos que pagamos aparentemente estão servindo apenas para encher o bolso de políticos sem ética. Queremos justiça igualitária, sem essa de foro privilegiado; queremos reforma política! Nós queremos que vocês, caros deputados e senadores, respeitem a Carta Magna desse país e parem com absurdos como PEC 33 e 37. Há algo constante lá, inalterável, que se chama Separação dos Poderes. É um absurdo até mesmo ser colocada em pauta. Se aprovadas, essas PECs transformariam o Brasil no país da impunidade. Essas PECs são apenas uma grande desculpa para absolver e submeter a novo julgamento os mensaleiros, os quais já forma julgados e condenados pelo Tribunal máximo do Judiciário, o STF.


Vocês não acham, políticos, que o Brasil tem coisas muito mais importantes para se preocupar do que com a "cura gay", "bolsa copa" ou "bolsa estupro"? Onde fica a liberdade de expressão das pessoas? A liberdade de sentir? A liberdade para com seu próprio corpo? Onde fica tudo isso? Não seria melhor se vocês estivessem criando projetos para lidar com a pobreza do país? Para lidar com a situação miserável de algumas partes do país? Para aumentar o salário mínimo e baixar o salário de um deputado? Não geraria mais resultados e não seria mais socialmente aceitável? Onde está a maldita lógica, em um país como o Brasil que recentemente aprovou o casamento homossexual em todo o território nacional, em criar uma lei que autorize o desenvolvimento de tratamentos para curar homossexuais, como se o fato de você ser homossexual fosse uma doença e não quem você é? Não há lógica, porque é errado. Não faz sentido e é fanatismo. Não é preconceito contra um deputado por ele ser da religião que é. É preconceito por ele ser quem é. Digo isso porque sou contra seus ideais e não concordo com seu ponto de vista. Seus argumentos não são convincentes e não são válidos. A aprovação desse projeto pelo Senado só configuraria um atentado contra um Estado supostamente laico e seria um passo da religião para dentro do Direito.

Não é pelos vinte centavos - é por direitos. É contra o controle da mídia, contra o monopólio de informações. É por um país que é de terceiro mundo, mas que tem potencial e condições para ser de primeiro. É por qualidade de vida, é por menos violência urbana, é por justiça. 

O gigante acordou. E ele é verde e amarelo. Ele é o povo. E ele está enfurecido.

#VEMPRARUA!


Comments
3 Responses to “Que país é esse?! #ogiganteacordou”
  1. K a a h says:

    Caramba. Vc disse tudo e um poco mais, aqui na minha cidade tbm esta havendo protestos contra tais abasurdos. O Brasil n pode parar

  2. Aqui também está tendo protestos, Kah! O Brasil não pode parar, não! Se não parar, as coisas podem melhorar e muito. Já fomos longe demais para parar agora! :)

  3. Nina says:

    Estou achando ótima essa valorização que o brasileiro está dando para o nosso país. Chega de festinha e Copa para inglês ver. Queremos soluções para nós mesmos - e para o próximo. Não há necessidade de mais festa.
    Acordamos. Ainda bem.
    Abraços.

Leave A Comment