Filme: A Hospedeira ♥

Finalmente o filme saiu e é claro que eu tinha que assistir o mais rápido possível. Infelizmente, fui obrigada a assisti-lo dublado. Felizmente, isso foi superado pela minha curiosidade insana que não podia esperar a legenda.


Li o livro A Hospedeira já faz algum tempo e, mesmo sendo escrito pela Stephenie Meyer, autora da saga Crepúsculo para quem ainda não sabe disso, resolvi dar uma chance ao livro por pura curiosidade. Li com um pé muito atrás porque achei que seria algo do tipo Edward&Bella, com uma mocinha com personalidade super parecida com a de uma lesma (seria a mesma coisa se a protagonista de Crepúsculo fosse uma ameba, sorry). Ok, tudo bem que Stephenie Meyer não é a melhor escritora de ficção científica que existe nesse mundo lindo de meu Deus, mas também não é ruim. A Hospedeira é mil vezes melhor do que Crepúsculo e a história em si não tem comparação. São universos diferentes, abordados de maneiras diferentes. Exceto pelo fato da titia Steph ter uma fixação com personagens que brilham. Peg não é a mocinha mais expressiva, no entanto ela não é tão irritante quanto a Bella e a personalidade dela é mais elaborada. Ajuda também o fato de não serem todos os homens habitantes das cavernas do tio Jeb loucamente apaixonados pela Peg, a alienígena. Na verdade, Peregrina é muito ignorada e muito espancada durante os primeiros dias nas cavernas do tio Jeb.

O filme em si trouxe muitas cenas do livro para as telonas, introduzindo diálogos importantes do tipo "Minha caverna, minhas regras" (que eu adorei, por sinal). Mas o que eu mais gostei foi da fidelidade do filme para com o livro. A relação Peg/Mel, Peg/Mel/Jared, Peg/Jared/Ian e Peg/Jamie/Tio Jeb. O que não foi muito focado no filme foi a paixão platônica da Peg pelo Jared que no livro é muito irritante e chata porque ela usa aquela clássica desculpa "o corpo ama o Jared" quando ela agarra ele nos corredores por aí. No filme, ficou bem claro que quem amava o Jared era a Mel, enquanto a Peg nutria seus próprias sentimentos em relação ao Ian. No livro, isso tudo é muito confuso para a Peg porque ela está num corpo que não é dela e que tecnicamente ama outra pessoa enquanto ela, a consciência do corpo, ama outra pessoa e então tem aquela voz da Melanie gritando o tempo inteiro que ela ama o Jared e que a Peg não pode amar o Ian, mas também não pode amar o Jared. Confuso, sim, e não é mais legal no livro do que é no filme, então tudo bem terem tirado esse dilema da personagem do cinema.

O personagem mais bacana do filme (superando até o Ian que é bem mais legal e fofo no livro), é o tio Jeb. Tio Jeb, o gênio que era julgado maluco e que faz crescer uma plantação de trigo em uma caverna. Não me peçam explicações - eu não entendo nada sobre plantações de trigos e como fazê-las crescer e se a coisa dos espelhos realmente faz algum sentido. Já Ian é, você sabe, o Ian. Ainda vejo ele como o Luke de PJ (meu personagem preferido da saga, podem me julgar agora), ou o irmão desconhecido dos Winchester, mas ele dá um bom Ian O'Shea também. Peg... bem, Peg. Como eu já disse lá em cima, ela é uma protagonista melhor que a Bella, mas não é muito expressiva. Tem mais atitude, sim, mas também não se pode chamá-la de a nova Rose Hathaway. É agradável, suportável.

A minha opinião é que A Hospedeira é um filme feito para leitores. Você não vai se apaixonar pelo filme se você não leu o livro. Detalhes, cenas importantes, personagens... você só vai entender a história em si e gostar dela se você leu o livro. O filme não tem muita ação, os efeitos especiais são razoáveis e o filme não é cheio de suspense (Stephenie Meyer definitivamente não é a rainha das tramas intrincadas), mas se você gostou do livro, vai querer ver o filme e vai gostar dele também por ele ser o mais fiel possível com o livro. E, afinal de contas, quem não gosta de ver um livro que leu e gostou sendo transpassado para as telonas, hein?

Comments
2 Responses to “Filme: A Hospedeira ♥”
  1. Eu li esse livro, eu gostei muito e estou na espera pelo filme :) adoro!!!
    Eu acompanhava vc desde o seu antigo blog " A Beautiful Lie" eu gostava muito lia muito, mas vc não postou mais e ai de vez enquanto ia lá ver, fiquei feliz em ver que está publicando seus livros parabéns Amanda!

  2. Oi Beatriz! Fico feliz em saber disso e agradeço muito! O que aconteceu é que hackearam o antigo blog e não tive escolha senão fazer um outro ;x

    Seja bem vinda! :D

Leave A Comment