Os melhores de 2012 ♥

Em homenagem ao dia do leitor (que foi ontem e por acaso eu não consegui montar essa postagem no dia certo), resolvi não fugir do clichê e montar, de uma vez por todas, esse top dos melhores livros que li em 2012. Considerando o meu gosto eclético e o tipo gosto-de-qualquer-coisa-que-seja-dignamente-boa, essa lista vai ser bem variada e talvez um pouco desbalanceada porque é difícil para mim ter livros favoritos. Exceto A Mulher do Viajante do Tempo (que finalmente consegui achar no sebo) e A Menina que Roubava Livros que ocupam lugares especiais na minha estante

Parando com a lenga lenga, vamos ao que interessa:

• MELHOR LIVRO FOFINHO •

Deslembrança, Cat Patrick 

É um livro fofinho. Não é um livro esplendoroso e cheio de ação, nada disso. Se você quiser sangue, vá ler George Martin. Deslembrança é um romance, muito voltado para o drama. É aqueles livros das tardes chuvosas de domingo. Está na lista dos melhores pela inovação. Eu realmente gostei da ideia da autora sobre a perda de memória da London, embora acredite que seria muito legal mesmo ter essa mesma ideia focalizada num livro mais cheio de suspense e ação. Mas, ainda assim, está aqui pela simplicidade fofa com a qual ele me conquistou.

• MELHOR LIVRO DISTÓPICO •

Starters, Lissa Price

Esse foi uma surpresa. Foi de longe a melhor distopia que li até agora, talvez por ter esse lado mais científico e meio, totalmente meio policial ao invés de focar no romance mel com açúcar dos protagonistas. A Callie é uma fofa que não precisa ser salva (ele se vira muito bem sozinha, obrigada) e é isso aí. Não é só por isso, é claro, que Starters está na lista. Dos livros distópicos que li (incluindo Destino, que eu amo amo amo), este é o que mais contém explicações para o que está acontecendo nesse "novo mundo", é o mais plausível de todos. Cheio de ação e suspense, merece estar entre os melhores, com certeza.

• MELHOR LIVRO DA MEG CABOT •
Só incluindo os que eu li em 2012, ok

Pode Beijar a Noiva, Meg Cabot

Dos livros que li da Meg Cabot em 2012, este foi o melhor. Gosto bastante dos livros que ela escreve sob pseudônimo de Patricia Cabot. Gosto de história ambientadas nesse universo mais antigo e conservador e a Tia Meg é uma fofa e sabe explorar isso muito bem. Sem contar que suas mocinhas sempre tem aqueles segredos mirabolantes de última hora que são revelados de maneira bombástica. De todo o modo, Pode Beijar a Noiva é fofo. E é a Meg Cabot. Não podia faltar a Meg Cabot aqui nessa lista (e se eu for comparar com Ídolo Teen e Pegando Fogo, É CLARO que esse foi o melhor livro dela que li em 2012).

• MELHOR LIVRO REVELAÇÃO •

Lucca Kane a a Rosa Casta, NR Pim

Sem palavras. É F-A-N-T-Á-S-T-I-C-O. A Pim, além de ser uma fofinha, escreve livros como ninguém. Lucca foi de longe o melhor livro dela que já li, tanto ao ponto de merecer estar nessa lista tanto quanto os outros. Aborda diversos elementos fantásticos (a lá TMI), mas com uma harmonia impecável. 

• MELHOR LIVRO NACIONAL •

Corações de Neve, Raphael Draccon

Vamos lá, admita. Você não conseguiu parar de chorar enquanto lia as páginas desse livro. Superou Caçadores de Bruxas em quesito de emoção. Draccon atou umas pontas, abriu outras e ainda redimiu alguns personagens do primeiro livro. Maravilhoso!

• MELHOR LIVRO QUE EU ACHEI QUE NÃO ERA LEGAL, MAS É MUUUITO MAIS DO QUE LEGAL •

Onde Terminam os Arco-Íris, Cecelia Ahern

Se teve um livro que me fez rir e chorar, sentir aperto no coração e alegria ao mesmo tempo, foi esse. É um romance escrito em forma de cartas, bilhetes, emails, conversas no bate-papo e por aí vai. Conta a história dos personagens desde que eram crianças até ficarem velhinhos. É L-I-N-D-O e enrolei tanto para ler porque achei que não era legal. E devia ter lido muuuito antes!

• MELHOR LIVRO-PIPOCA •

Cilada, Harlan Coben

Livro-pipoca é aquele livro com enredo de cinema, daqueles que você lê comendo pipoca. Ou com vontade. Que seja. Cilada foi o primeiro livro do Harlan Coben que li (o primeiro que se aproximou do suspense/reviravolta-vinda-do-nada/surpresas/ataques-cardíacos-simultâneos que eu só tinha visto antes nos livros do Dan Brown). Li outros livros do Harlan com a mesma tirada e não consegui escolher entre o melhor. No entanto, entra no ranking Cilada por ter sido o primeiro e por ter o final mais surpreendente do que os outros (eu não tinha imaginado o final de Cilada nem em um milhão de anos!).

Comments
2 Responses to “Os melhores de 2012 ♥”
  1. Natália says:

    Oi,
    eu queria muito ler "Starters", mas às vezes eu fico com medo de ler esse livros de "modinha", pois eles meio que colocam no pedestal... Mas agora fiquei curiosa!

    Beijo, Nat || travessuraselivros.blogspot.com

  2. Starters é muito bom :)

    Beijos Nat!

Leave A Comment