News: Desaparecidos, Meg Cabot ♥

Eu amo Meg Cabot. E eu amo ainda mais essa série. Quando eu a li, não tinha nenhum livro lançado no Brasil e nem boatos miseráveis corriam sobre sua publicação aqui, nas terras tropicais. De qualquer modo, amei Jessica Mastriani e suas aventuras e me surpreendi mais uma vez no jeito que a Meg Cabot consegue transformar uma ideia aparentemente boba em algo tão coerente e fascinante para o leitor. Eu tinha um gato que se chamava Rob por causa desse livro. É. Portanto fiquei imensamente feliz quando soube da publicação no Brasil e só estou esperando o livro ficar disponível no Submarino para comprá-lo. Compulsiva? Nem um pouco. Eu só amo Meg Cabot de um jeito obsessivo. Mas tudo bem.
Abaixo as capas originais dos dois primeiros volumes da série que contém cinco ao todo, mais as capas brasileiras que eu, particularmente, gostei. Meio que extraiu uma coisa de dentro do livro que as originais não conseguiram - mas essa é só a minha humilde opinião. Leiam e se apaixonem pelo Rob também, é. E Jess é incrível, algo meio Suze sem a obsessão por moda ou garotos, mas sempre de um jeitinho diferente. Adorei, adorei *-*

Capa EUA

Capa Brasil

1, Quando Cai o Raio
Quando cai o raio, isso só pode significar problemas – como Jessica Mastriani descobre ao ser pega de surpresa com sua melhor amiga Ruth em uma tempestade. Não que Jess tentasse evitar confusões, pelo contrário. Afinal, ela sempre acaba envolvida em brigas com o time de futebol e presa na detenção por meses sem fim… Pelo menos tinha seus pontos positivos, como se sentar perto de Rob, o motoqueiro mais gato da escola! Mas dessa vez o problema é sério… Porque, de alguma maneira, ao voltar para casa sob aquela tempestade, Jessica se vê com um talento inédito. Um incrível poder que pode ser usado para o bem… ou para o mal.

Capa EUA

Capa Brasil

2, Codinome Cassandra
Jess Mastriani foi tachada como a “Garota do Raio” pela imprensa quando ela desenvolveu uma habilidade psíquica de encontrar crianças desaparecidas depois que ela foi atingida por um raio durante uma grande tempestade. Agora Jess perdeu seu poder milagroso… ou pelo menos é o que ela gostaria que a imprensa e o governo acreditassem. Tudo o que ela quer é ser deixada em paz. Mas parece que Jess não vai conseguir realizar seu desenho — especialmente quando está trabalhando em um acampamento de verão para crianças com genialidades musicais. Quando o pai de uma criança desaparecida aparece implorando para Jess encontrar a sua filha, Jess não consegue dizer não. Agora os agentes federais estão na sua cola novamente, assim como um padrasto malandro, que gostaria de ver a Garota do Raio…bem, morta.

Comments
4 Responses to “News: Desaparecidos, Meg Cabot ♥”
  1. Samyle S. says:

    Adorei as capas!!! Perfeitas *---*

  2. Lis says:

    Interessante que as capas estrangeiras destacam que o fato da Meg ser escritora de A Mediadora, enquanto a brasileira destaca que ela é autora de O Diário da Princesa. Isso me faz pensar se vão ridiculamente repetir o comentário da Stefanie mayer no quarto livro de Os Instrumentos Mortais... Mas voltando para a o assunto Meg, eu amo a Mediadora, O Diário da Princesa, Airhead, enfim são muitos; eu li o primeiro livro da série Desaparecidos e o começo do segundo não me cativou. Codinome Cassandra é bom?

    Elisa C.

  3. É verdade Lis, acho que deve ser de acordo com a popularidade de cada série em cada país. O começo de Codinome Cassandra é meio chatinho mesmo, mas as coisas melhoram. Sou suspeita pra falar porque adoro a série e a autora, mas mais pro final de Codinome Cassandra, a gente descobre umas coisinhas importantes, além de que a Jess se mete em apuros até nas horas mais improváveis. Eu gostei, embora não tenha sido o meu preferido da série :)

    Beeijos.

  4. Sou mais uma do time que não se simpatizou com o segundo livro. Li o primeiro e amei, mas o segundo achei meio fraquinho,então não terminei. mas a Jess é d+, típica menina de 1,50 que quebra narizese por ai.

Leave A Comment